[ editar artigo]

Abrir ou não a pizzaria no Natal e Ano Novo?

Abrir ou não a pizzaria no Natal e Ano Novo?

As festas de final de ano atraem muitos clientes e em geral redobram os trabalhos nos comércios do setor alimentício. Esses contam com clientes em período de descanso que preferem optar por uma opção facilitada de alimentação, sem a necessidade de ir para o fogão e perder esse precioso momento.

Essa pode ser uma época perfeita para tornar-se um destaque entre seus concorrentes, lucrar mais e utilizar o estoque, para começar o ano renovado. No entanto, também pode resultar em ônus para o local e seus funcionários.

Para ter seu perfeito funcionamento e aderir as essas estratégias as pizzarias dependem do total empenho de seus funcionários, mas esses também merecem o descanso e máximo aproveitamento dessas datas. Aprenda a alinhar o bom desempenho dos funcionários as folgas e recessos de fim de ano sem perder a sua clientela.

Optar por ABRIR a pizzaria no Natal e Ano Novo

A frase "o combinado não sai caro" é perfeita para ilustrar o comportamento que deve ser adotado por um proprietário de pizzaria. Como as datas festivas aumentam a clientela, os funcionários devem trabalhar empenhados, mas isso só ocorre se houver um retorno por parte da empresa.

No caso do Natal e Ano Novo os comércios que abrem podem combinar folgas e extras com seus colaboradores, que podem abrir mão da data em troca de algum benefício posterior. De nada adianta simplesmente avisar que todos terão que trabalhar, pois, esses estarão descontentes e por fim não tão eficientes. A falta de primor no trabalho pode afastar os clientes e reduzir os números do estabelecimento.

Todas as horas extras e dias de folga devem seguir as normas impostas nas leis trabalhistas. Para não fugir à regra é imprescindível consultar um contador ou advogado e manter-se na legalidade.

Oferecer bonificações por meta pode induzir a um trabalho melhor e maior satisfação. Prêmios como cestas de Natal, cupons, ingressos e até dinheiro mantem o ânimo do funcionário durante essa época.

Trabalhar com regime de escala pode favorecer a todos, uma vez que muitas pessoas precisam estar presentes em festas de família e outras preferem uma folga em outra ocasião. Esse acordo pode ser feito entre os colaboradores de forma amigável, já que fatores como religião e filhos podem pesar na escolha da folga.

Optar por NÃO abrir o estabelecimento

Outra opção é a não abertura do estabelecimento, caso esse não seja tão afetado com a falta da renda durante esse período. A avaliação da importância da data, para o fechamento do orçamento, deve ser realizada com a comparação dos anos anteriores, pesquisa de mercado e concorrentes.

Realizando a pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado é fundamental para todos os tipos de empresas. Esta é imprescindível para efetuar estratégias de marketing, como promoções e horários de funcionamento. Para a efetividade dessa avaliação é importante contar com os dados dos clientes, levando em conta a idade, classe social e compras, para descobrir o público-alvo.

Outro item de suma importância é a avaliação dos concorrentes, que tem como intuito descobrir porque o atendimento destes compete com o do seu estabelecimento e o que pode ser feito para ser melhor nesse quesito.

Esse tipo de iniciativa tem como papel principal a descoberta das necessidades dos clientes e então a criação de soluções para estes. Após a realização dessa pesquisa é possível saber se será ou não possível as férias coletivas.

Esse parâmetro é crucial para saber se esse público-alvo possui a necessidade de consumo durante as festividades, indicando se o comércio deve ou não estar aberto. O cliente é o elemento mais importante dessa decisão.

Vantagens de ficar aberto durante as festividades

Existem muitas vantagens de manter a pizzaria aberta durante esse período, essas podem diferenciar o comércio dos demais concorrentes, expandir a lista de clientes e até adquirir consumidores fiéis. Confira algumas das vantagens de manter o atendimento no final do ano:

- Expansão da lista de clientes;

- Alcance de novos clientes fiéis.  Vindos dos concorrentes que optaram pelo recesso;

- Diferenciação perante os concorrentes;

- Reposição de lucros perdidos durante o ano;

- Utilização total do estoque. Para começar o novo ano com o estoque renovado.

Ainda é possível investir em estratégias para alavancar as vendas. Confira:

- Promoções ligadas as datas atraem novos cliente e bonificam os mais antigos;

- A adaptação do cardápio pode ser relativamente diferente. Algumas pizzarias contam com sabores sazonais com a inclusão de ingredientes como peru, tender e frutas secas;

- Muitos comércios oferecem doações, para instituições de caridade, na compra de um certo produto ou valor. Essa promoção pode atrair o consumidor filantropo e ainda ajudar levando o nome da marca;

- Oferecer a pizza como uma opção para a ceia também pode ser interessante, caso o público-alvo seja mais jovem e a região conte com hostels, hotéis, faculdades e repúblicas.

Desvantagens de manter as portas abertas

Assim como tudo na vida manter a pizzaria aberta pode acarretar em um ônus, atente-se:

- Tanto os funcionários como os proprietários acabam perdendo parte dos preparativos e até as datas por completo, ficando longe da família e amigos;

- Baixo empenho dos funcionários, justamente pela perda da data;

- Poucos clientes, dependendo da localização e público-alvo. Isso ocorre em pizzarias localizadas em bairros comerciais e de alto padrão, onde os comércios estão fechados e os clientes viajando;

- Gastos altos com despesas e baixa lucratividade.

Independentemente da escolha de manter ou não aberta a pizzaria, é muito importante realizar o estudo de mercado, evitando erros e baixa lucratividade em uma época que os colaboradores preferem estar em recesso.

Caso a produtividade esteja muito baixa ou poucos clientes procurem seus produtos, pense em promoções para os colaboradores e consumidores, mesmo que não seja muito lucrativo pode ser proveitoso para evitar a falta de retorno.

Mantenha sua equipe motivada e unida, pois, o destaque da marca depende inteiramente dos serviços dessas pessoas. Seja um líder e não um chefe, essa atitude leva as empresas para outros patamares e agregar muitos valores a marca.

GuruDaPizzaria
Ler matéria completa
Indicados para você