[ editar artigo]

Diferenciais e contraindicações do forno a lenha

Diferenciais e contraindicações do forno a lenha

 

Sem dúvidas o forno a lenha é o utensilio mais utilizado nas pizzarias de todo o mundo, ele proporciona um cozimento diferente e altera o sabor das pizzas, graças a defumação de suas lenhas. No entanto, não são só benefícios que esse equipamento apresenta, ele não é adequado para todos os modelos de estabelecimentos.

Escolher o forno ideal para sua pizzaria depende de uma série de fatores, estes devem ser analisados e considerados. Custos, demanda e tempo sãos os principais. Hoje com as grandes demandas e os gastos reduzidos, para oferecer valores mais acessíveis, a maioria desses comércios não pode se dar ao luxo de trabalhar com um equipamento inteiramente manual, pois, ele demanda maior mão-de-obra e um precioso tempo.

Características do forno a lenha

O forno a lenha é fabricado de alvenaria, com material refratário que permite um calor continuo sem danos estruturais. Este equipamento demanda total atenção de um forneador, profissional responsável por assar as massas.

Principais diferenciais desse forno

Como o aquecimento a lenha vem de décadas atrás, os clientes dão um valor maior aos locais que mantem essa tradição. Além de servir como um diferencial para o estabelecimento o forno a lenha deixa um resíduo de sabor nas pizzas, aquele defumado fácil de identificar.

O cozimento dentro da cabine é feito em uma temperatura superelevada, que pode chegar a mais de 450°, mas é feito de maneira rápida e uniforme. Ele cria aquela massa perfeita, que é crocante por fora e macia por dentro.

Apesar de demandar a compra de madeiras especiais, esse equipamento mantem o calor por muito mais tempo e não necessita de cargas frequentes. Em meio aos seus gastos ele gera economia.

Fatores de contraindicação

Existem alguns adendos que devem ser pensados antes da construção do forno a lenha. Ele é grande, seu tamanho não pode ser reduzido devido as suas características e espaço interior, ele não se adequa a locais pequenos, pois, acaba deixando-os muito quentes e inadequados para o trabalho e conservação dos demais ingredientes.

Ao meio ambiente a madeira queimada pode desfavorecer seu uso, mesmo que sua procedência seja proveniente de reflorestamento, ela elimina gases poluentes durante todo o processo de queima.

A limpeza dele é árdua, pois, o aparelho deve estar totalmente frio e o alcance a toda sua superfície interna é dificultoso. Isso acaba por deixar rastros de sujidades que podem contaminar os novos produtos assados e demanda mais tempo em mão-de-obra.

Trabalhar em um ambiente que não seja adequado para o forno a lenha pode gerar uma insalubridade. O local torna-se nocivo à saúde, devido ao calor gerado e a inalação de fumaça. A longo prazo, a falta de ventilação e o contato com a fumaça pode causar problemas pulmonares.

O forno a lenha é uma tradição ainda mantida por muitas pizzarias, ele é perfeito para alguns locais e contraindicado para outros. Sua construção deve ser analisada com parcimônia e outros modelos também podem ser pensados como solução. Os locais adequados para esse equipamento podem usá-lo como um diferencial no sabor e conquistar o coração de seus clientes.

Veja também os benefícios do forno elétrico de esteira!

GuruDaPizzaria
Ler matéria completa
Indicados para você